quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Um ótímo conselho...

Ainda no clima da última postagem...

Bom Conselho - Chico Buarque 
"Ouça um bom conselho  
Que eu lhe dou de graça  
Inútil dormir que a dor não passa  
Espere sentado  
Ou você se cansa  
Está provado, quem espera nunca alcança  
Venha, meu amigo  
Deixe esse regaço 
  Brinque com meu fogo  
Venha se queimar  
Faça como eu digo  
Faça como eu faço  
Aja duas vezes antes de pensar  
Corro atrás do tempo  
Vim de não sei onde
Devagar é que não se vai longe  
Eu semeio o vento  
Na minha cidade  
Vou pra rua e bebo a tempestade"


Não há melhor clima pra 2010. Nada de lamentações, nada de esperar que coisas caiam do céu. Vá atrás, estude, trabalhe, viaje, namore, beije muuuuito, dance, se liberte! Chore, mas sorria muito mais! Aproveite um dia de sol pra sair e sentir aquele ventinho de final de tarde, e aproveite também (por que não?) aquele dia nublado e sem graça pra ficar embaixo das cobertas, assistindo aquele filme e, de preferência, acompanhada! ;) Faça novos amigos, conheça novos lugares, visite os velhos bons! Ensine o pouco que sabe, mas acima de tudo, procure aprender, com os outros e consigo mesmo. Não peça por um dia melhor, agradeça por ter mais um, e VÁ ATRÁS de um dia melhor. Estes são meus votos. ;) abraços!

"Está provado, quem espera nunca alcança"

Há pouco mais de um ano uma pessoa super especial me deu um papelzinho com estes dizeres... Um Meio ou uma Desculpa (Roberto Shinyashiki) "Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes, da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados, não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso, se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde esta, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores pois, "Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa." Think about it.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Uma bela forma de se começar 2010...

"Loucura? Sonho? Tudo é loucura ou sonho no começo. Nada do que o homem fez no mundo teve início de outra maneira, mas tantos sonhos se realizaram que não temos o direito de duvidar de nenhum”

Monteiro Lobato

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Neste Natal...

Já que estamos em época de reflexão...  
"Um país se faz com homens e livros"
(Monteiro Lobato)  

"Ateus dizem ser impossível que Eu tenha surgido do nada, sozinho. Mas acham genial alegar que o universo surgiu assim."  
("O Criador"... só quem sabe... rs)  

"Em mãos que carregam livros, não cabem armas"
(Glória Ayres)


Um feliz Natal! Espero que estes momentos de reflexões não acabem no dia 1° de Janeiro, mas sim que perdurem por todo o ano. abraços.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Brincando de Deus

Será que saberíamos usar nosso poder, caso pudéssemos controlar o que sentimos? Não gostar/ter gostado daquela pessoa, gostar de quem gosta de você... Arrancar aquele aperto, acabar com a tristeza... Não se arrepender, não chorar, não lembrar. Será que seria bom? Não posso negar que guiar completamente meu caminho seria muito mais fácil... Mas de repente, acaso eu pudesse fugir de tudo o que me maltrata, não seria quem sou hoje. Não ganharia conhecimento, nem teria reconhecimento... Afinal, "nobody said it was easy"... As coisas fáceis não têm graça... Quem sabe... Acredito que a consciência é válida. Quando estou de bem com ela, então está tudo bem. O resto... Ora, quem nunca sofreu não é verdade? Bola pra frente... ;)

O Poeta...

video  

Obrigado - Cazuza

"Obrigado  
Por ter se mandado   
Ter me condenado a tanta liberdade 
Pelas tardes nunca foi tão tarde  
Teus abraços, tuas ameaças  

Obrigado  
Por eu ter te amado  
Com a fidelidade de um bicho amestrado
Pelas vezes que eu chorei sem vontade  
Pra te impressionar, causar piedade  

Pelos dias de cão, muito obrigado  
Pela frase feita  
Por esculhambar meu coração  
Antiquado e careta  
Me trair, me dar inspiração  
Preu ganhar dinheiro  

Obrigado  
Por ter se mandado  
Ter me acordado pra realidade  
Das pessoas que eu já nem lembrava  
Pareciam todas ter a tua cara  

Obrigado  
Por não ter voltado  
Pra buscar as coisas que se acabaram  
E também por não ter dito obrigado  
Ter levado a ingratidão bem guardada  

Pelos dias de cão, muito obrigado  
Pela frase feita  
Por esculhambar meu coração 
 Antiquado e careta  
Me trair, me dar inspiração  
Preu ganhar dinheiro"


Obrigada por ter passado pela minha vida; por ter me mostrado até onde posso ir, até onde posso suportar; obrigada por ter me mostrado que posso amar loucamente, que posso ser a maior das companheiras e que posso relevar tanta, tanta coisa... Obrigada por me mostrar que eu acredito nas pessoas e que eu me importo em mudá-las; obrigada por me mostrar que eu não era feliz, que eu sofria calada, que eu estava me desfazendo dia-após-dia. Obrigada por me dar coragem para seguir em frente, por me mostrar que não preciso de você, nem do seu amor barato. Obrigada por me fazer enxergar que não preciso de frases feitas, nem de poesias vazias, mas sim de humanidade e sinceridade, coisas que você nunca chegou nem perto de possuir. Mas obrigada, acima de tudo, por me fazer crer que as pessoas podem machucar, enganar, manipular, de graça... mesmo quando em troca, o que você oferece é o seu coração. Obrigada por me fazer feliz, sem você.

Onde estamos nós?

Começo esta postagem com uma música maravilhosa. Chama-se "Apesar de você", letra e música de Chico Buarque de Hollanda. É uma crítica clara à Ditadura Militar brasileira, a qual foi disfarçada por uma briga entre namorados...
Certa vez, num interrogatório, foi perguntado a Chico quem era o "você" do título, e ele respondeu: "É uma mulher muito mandona, muito autoritária". Quando a música foi mandada para a censura, ele achava que iria ser recusada, mas foi aceita! No auge do sucesso, sua verdadeira origem foi descoberta e a canção foi proibida de ser tocada nas rádios, as cópias destruídas, e etc... Naquela época, houve pessoas que foram banidas de seu próprio país (como o próprio Chico Buarque, exilado na Itália), outros famosos apanharam publicamente, como a atriz Marieta Severo e outros anônimos, tantos anônimos... Que foram torturados até a morte... Muitos desaparecidos até os dias de hoje (se tiver a oportunidade, assista "Zuzu Angel"... filme maravilhoso que retrata exatamente isto).

Seguem a letra e o vídeo:
 
Apesar de Você  


Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu
Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
 Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro
Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa
Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente
Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal


video  
Vídeo com imagens da Ditadura Militar no Brasil


Agora, o motivo principal deste texto... Onde estão essas pessoas que lutaram tanto pela liberdade de expressão? Pela democracia? Por um Brasil melhor? Não digo literalmente, digo a alma destas pessoas! Não há como negar que o Brasil mudou muito desde então. Não há mais a mesma censura, a mesma tortura... Mas ainda há roubos públicos, ainda há UNIVESP!!! Ainda há eleições indiretas para reitor da maior universidade do Brasil!!! Ainda há coisas a se exigir, como o BÁSICO: educação, saúde, moradia e alimentação. "São Paulo não é Brasil", citando uma professora. Há (falta de) condições no nosso país que sequer sonhamos que existe, há má distribuição de renda, há piso salarial BAIXÍSSIMO (principalmente para a área da saúde, o que é uma vergonha!), há falta de médicos, há falta de hospitais... Há o desmatamento, a perda quase total da nossa Mata Atlântica... Questões do meio ambiente que são indispensáveis, importantíssimas... E onde estão as pessoas???? Onde está aquele espírito de "o Brasil também é meu"??? As pessoas se acomodaram... Os estudantes só querem saber de passar nas provas, tirar nota, passar de ano. Parece que ninguém pensa em como pode ajudar o país, as pessoas, com sua profissão... Eu já pensei diversas vezes como poderia fazer isso, dentro da nutrição... Tenho mil planos e zilhões de vontades... Mas por que deixar para amanhã, o que podemos fazer hoje? Um exemplo disto que estou falando, é o Ato Médico. Há um Projeto de Lei (PL) que diz ser feito para, digamos, deixar em pratos limpos o exercício da medicina. Este PL teve início em 2002, foi refeito como o PL de 2006 e desde então recebeu mais de 80 emendas, de tantos erros!!! Haverá uma manifestação dia 04/01/2010 na Av. Paulista, às 17h, no vão livre do MASP. Mandei email para muitas, MUITAS pessoas... quase nenhuma respondeu... Este PL fere os direitos de mais de 3 milhões de profissionais da saúde... e pioraria e MUITO a vida da própria população... E, ao que parece, ninguém está nem aí.... Quando for aprovado, e as pessoas (não só as que não são profissionais da saúde, mas também os PRÓPRIOS profissionais) começarem a sentir na pele a mudança (para pior), aí, elas começam a reclamar... Reclamar do Brasil, dos políticos, da vida, de tudo.... Só que quando têm a oportunidade de fazer algo pra mudar o futuro, sentam, e assistem à novela. Lamentável... Toda vez que ouço "Apesar de você" me emociono... Não só por imaginar o quanto as pessoas naquela época sofreram, mas por ver o quanto a modernidade é cega e acomodada... E o quanto é levada de acordo com interesses de outrem... "Acorda, amor..." Abraços, Denise.

sábado, 21 de novembro de 2009

Sampa

Esse feriado eu tirei para conhecer São Paulo. Moro aqui há 20 anos (desde que nasci), mas andei reparando por estes dias que não conheço São Paulo. Sampa é uma cidade imensa, simplesmente não há como conhecê-la por completo, até porque a cada dia abre-se algo novo, etc. Mas a essência da cidade, o centro velho ao menos, acho que todo paulistano que se preza deveria conhecer. Foi preciso que eu desse uma de guia turística, para apresentar a cidade a alguns amigos cariocas, para eu mesma conhecer tantas coisas que, ou nunca tinha visto, ou haviam passado despercebidas por mim. Mas claro, São Paulo é "a cidade que não pára", em meio a trabalho, faculdade e etc, nem há como reparar em cada detalhe desta imensidão de prédios e afins. Mas foi um dia que valeu a pena... Pra quem não sabe andar muito bem pelo centro velho, use o google maps! Eu já sabia andar mais ou menos por lá, mas ainda assim mapas são muito úteis! ^^ Começamos, é claro, pela Sé. Nunca havia reparado como a Catedral da Sé é linda!!! Seu estilo gótico/neo-gótico (segundo uma amiga entendedora do assunto) é completamente instigante! Depois fomos andando pelos arredores, passamos pelo Pateo do Colégio, onde a cidade em si, começou (pra quem não sabe foi o Colégio São Paulo que deu nome à cidade - foi a primeira construção de SP)... Depois passamos pela Praça da Patriarca, voltamos até o Largo São Francisco, onde mostrei a SanFran para os turistas, a Faculdade de Direito da USP. Ao lado o Colégio Álvares Penteado. Tudo numa arquitetura muito antiga e, na maioria dos casos, muito bem conservada. Depois disso voltamos à Sé, para então pegarmos a Av. Liberdade e irmos até a Liberdade em si. Lá foi uma festa, muuuuitas barraquinhas, japoneses vendendo seu peixe (há há) e objetos artesanais maravilhosos!!!
Feirinha da Liberdade: Francis, Debora, eu, e a figuraça que achamos por lá!
Depois almoçamos em um dos restaurantes japoneses tradicionais da Liberdade (não aqueles que fecham por criarem siri no vaso sanitário né...), onde caiu uma chuva HOMÉRICA, e depois fomos andando pelas lojinhas japonesas - é impressionante como vc pode ir mil vezes àquelas galerias e ainda assim, não ver tudo!!! Depois disso fomos até São Bento, vimos o Mosteiro - também maravilhoso - onde estava acontecendo um casamento muuuito de gran fino (afinal, quem casa no MOSTEIRO DE SÃO BENTO, com direito a limusine DUPLA e chofer???). Descemos a Ladeira Porto Geral, vimos a 25 destruída em meio à chuva (ah sim, nisso tomamos muuuuia chuva pelo caminho) e fomos até o Mercado Municipal - Mercadão. Chegando lá, infelizmente, quase tudo já havia fechado, pois já eram quase 18h... Mas ainda chegamos a tempo de encontrar o melhor bar do Mercadão: aquele especializado no tão tradicional sanduíche de mortadela! Nem preciso mencionar o tamanho, né? Comemos UM divido por 3... E ainda sobrou 1/4 dele para levar pra casa, de consolo para quem não foi ao passeio... Depois disso, votamos para o Largo de São Bento e fomos andando pelo Viaduto Santa Ifigênia. Lugar maravilhoso... Dá pra ver grande parte de São Paulo, de ambos os lados. Saindo pelo outro lado, chegamos à Stª Ifigênia, onde já estava tudo fechado pelo horário, então fomos andando, até avistarmos a torre da Luz. Resolvi mostrar a Estação da Luz, assim como a Pinacoteca aos turistas. Andamos por umas quebradas, afinal, é o centro de São Paulo, mas chegamos rapidinho até a Estação. Por lá, finalmente, acabou nosso passeio! A qual conclusão cheguei? Duas. Uma: São Paulo é maravilhosa, linda, cheia de encantos cobertos por kg e kg de pressa. A outra é que eu não cheguei a conhecer nem metade do que essa cidade esconde... A cada dia, dá vontade de conhecer mais e mais coisas. Uma pena que tenha sido preciso vir gente de fora, para eu me mexer... Mas aconselho a vcs que não esperem o mesmo! O mínimo que podemos fazer é conhecer a cidade onde moramos!!! E acreditem, vale a pena! ;) abraços!
Debora, Francis e eu: Viaduto Santa Ifigênia.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Ponto de Equilíbrio

Dizem que a mãe sempre é o ponto de equilíbrio de uma família, sobretudo dos filhos. Eu, de certa forma, discordo... Acredito que isso seja muito amplo; tem irmã que é mãe, tem pai que é mãe... Tem avó que é mãe. A psicologia diz que pra uma família "dar certo", tudo deve estar nos conformes... Pai, mãe, irmãos, cachorro, família feliz. Minha vida sempre foi uma bagunça... Pais separados aos dois anos de idade; morando com avós armênios que discutiam em árabe pra eu e minha irmã não entendermos (isso até que era engraçado... hahaha); família gigante, meio bagunçada também, alguns meio distantes, avó "postiça"... Irmão morando em outra casa, tempos sem ver meu pai... Depois, ter de me despedir pra sempre (acredito que não...) dele... Cresci, fui rebelde, comecei a gostar de rock, conheci pessoas que mudariam muita coisa em mim, e conheci pessoas que, como eu nunca podia imaginar na época, me fariam muito mal, e sofrer como nunca. Achei que minha vida ia acabar, achei que minha vida tinha acabado... Achei isso dezenas de vezes num período curtíssimo de quatro anos. Fui feliz, fui muito infeliz, chorei, sorri, desejei coisas que hoje nem lembrava de ter desejado, de tão diferente que minha vida é do que era... Sei que hoje sempre coloco o cinto de segurança, porque qualquer segundo que eu possa perder num acidente, é muito precioso. Quis fugir, quis mudar de ares, quis ser dona do meu nariz e me achei "a" independente, "a" adulta... Hoje? "Não sou mais tão criança... A ponto de saber tudo..." Muita vida, pra 20 anos... Mas muita, muita vida mesmo. Hoje levo a vida devagar... tranquila, serena... O que está no meu perfil descreve MUITO o que vivo e sinto hoje. Tenho planos, mil planos... um mapa cheio de futuro que eu criei, de perspectiva que me acorda todo dia, de manhã, e me faz acordada até antes mesmo da xícara de café!!! Ironicamente, o meu ponto de equilíbrio é e sempre foi... Minha mãe. Dentro de toda essa confusão de adolescência e mistura de pensamentos e sentimentos... De devaneios, dores e afins... Foi sempre ela que eu tive como certa na minha vida. Sabe quando vc pode andar por mil lugares, viver mil coisas, e olhar pro lado, e sempre ver aquele amor maior ali, do teu lado? Minha mãe é única... Sei que é coisa de filho coruja.. rs Mas... qual mãe vem te "atormentar" no dia anterior do teu aniversário, dizendo que há exatos "x" anos estava tendo as contrações do SEU nascimento? Qual mãe te liga no HORÁRIO em que vc nasceu, pra te dar os parabéns e dizer "Filha, agora vc já tem "x" anos!!!! Parabéns!!!" QUE MÃE é sempre sincera em relação a tudo, nos protegendo, e tendo aquele 6º sentido HOMÉRICO de dizer "ahn.. não gostei de fulano... não sei porque, nem o conheço, mas tem ALGO que não gostei..." e no fim... estava certa? Que mãe se impõe como MÃE, impedindo burradas que, não importando se vc não entendesse na hora ou até chegasse a odiá-la, ela faria assim mesmo? É por isso que, mesmo tendo amigos maravilhosos, família maravilhosa, estar numa faculdade maravilhosa, na profissão que amo... O que me faz bem, é tê-la aqui, como meu ponto de equilíbrio. Tudo, T-U-D-O o que sou, devo à ela. As noites em claro, as conversas por mim e por ela. Nos reconhecemos, afinal. Mãe, obrigada por... Existir. Te amo!

domingo, 18 de outubro de 2009

Está cuidando de mim...

Fah... um grande amigo, me fez uma grande surpresa ontem! Não gosto de repetir assuntos, mas além de este assunto ser especial, este amigo/vizinho me emocionou "horrores" e me presenteou com uma letra linda... Fah, obrigada, de coração... Amei! Segue a letra, uma paródia da música"I wanna know what love is", da Mariah Carrey. ;) "Está Cuidando de Mim Fabio C. S. E nem o tempo é capaz Não há nada que resolva Esse sentimento traz Alegrias que não voltam Nunca mais que vou poder dizer Que amo, sentir isso por alguém Me lembrar, sem me machucar Poder te abraçar Está cuidando de mim Até posso sentir Eu sei que você está aqui E pode me ouvir Está difícil de aceitar Não pensei que fosse assim Uma dor sem explicar Uma saudade que me invade Nunca mais eu vou poder dizer Que amo, sentir isso por alguém Me lembrar, sem me machucar Poder te abraçar Está cuidando de mim Até posso sentir Eu sei que você está aqui E pode me ouvir Está cuidando de mim Até posso sentir Eu sei que você está aqui" Obrigada, amigo...

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Amor que não se mede.


É... O tempo passa... Não tive sua presença em tantos momentos importantes da minha vida, em tantas conquistas, em tantas falhas... Não terei sua aprovação "carrancuda" quando levar aquele cara em casa... Não terei sua presença no dia em que eu casar, para entrar na igreja comigo; não terei o seu abraço e as suas lágrimas, me desejando as maiores felicidades... Não terei aquele olhar... Aquele olhar que me lembro tão bem, como se fosse ontem, me dizendo pra nunca esquecer o quanto você me ama. E isso nunca vai acontecer... Porque ainda sem a sua presença, eu sempre terei você comigo, em todos os momentos da minha vida... Não consigo sequer medir as saudades e a falta que você me faz... O mundo às vezes parece injusto. Mas eu já soube aceitar.... Amo você, pra sempre... 






  
Eu e meu pai, mais ou menos em 1999

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Hábitos.

Desde os tempos mais remotos, a alimentação foi sempre uma preocupação. Onde caçar, como coletar... Curas por alimentos, doenças através de alimentos... A alimentação é algo totalmente importante; ainda mais nos dias de hoje, onde se tem tempo pra tudo, menos para se alimentar adequadamente, e praticar um exercício físico. Se não for por vontade própria, será por indicação médica (ou nutricional). Corpo são = mente sã Neste mundo que não pára (ainda mais em São Paulo), os hábitos mais práticos entram em moda. A atividade física fica jogada pra escanteio, o lazer inexistente, a alimentação então!!!! Vira "sopa que fez Giovanna Antonelli perder 10 kg em um mês". Pô!!! DEZ KG EM UM MÊS? Eu perdi isso quando estava doente e não conseguia comer nada! Como as pessoas acreditam nisso??? "Diet shake" "sopões" são a maior invenção da história! Uma pessoa pode emagrecer mto e mto rápido sim, se tiver muuuuita força de vontade, com esses trecos... Agora, e depois? Os hábitos continuam os mesmos, continuará com a macarronada gratinada aos domingos, com os kg e kg de chocolate diários, com o MC Donald's (mas só no final de semana hein!). Engordará o dobro, como explica a boa fisiologia... Depois, dá-lhe mais barrinhas enganosas com sucos milagrosos.. mais kg perdidos.. mais kg achados.. O tão falado "efeito sanfona". Será que as pessoas não percebem que nada nesta vida, nada é conseguido assim, com milagres??? Fazer uma boa faculdade, ter um bom emprego, reconhecimento, saúde, lazer... Tudo faz parte de um trabalho árduo. Ninguém pára de fumar por milagre! Por que emagreceria por ele???? Alimentação, assim como qualquer outra coisa, é um hábito. Uma vez uma profª de nutrição normal me disse que isso, e eu perguntei "profª, mas é impossível deixar os chocolates de lado, sou chocólatra!" e ela respondeu "é possível sim" de uma forma tal, que me fez acreditar não necessariamente na mudança daquele hábito, mas na Ciência da Nutrição. É por isso que a Nutrição é linda, é por isso que sou apaixonada por esta profissão. Ser nutricionista não é passar dieta, ser nutricioniosta é apostar que vc é capaz de ensinar alguém a mudar seus hábitos, a ter força de vontade, a ter uma perspectiva. Ser nutricionista é apostar que SEU PACIENTE é capaz. Ser nutricionista é plantar saúde, é ensinar e aprender. A Nutrição vai muito além de tabela de composições ou de cardápios... Ser nutricionista... Nada me faria mais realizada. Abraços!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Mudar...

 Better Man - Pearl Jam

  video
Better Man - Live in São Paulo - 2005

 
"Waitin', watchin' the clock, it's four o'clock, it's got to stop
Tell him, take no more, she practices her speech
As he opens the door, she rolls over.. pretends to sleep as he looks her over..
She lies and says she's in love with him, can't find a better man.
She dreams in color, she dreams in red, can't find a better man.
Can't find a better man
Can't find a better man
Ohh...
Talkin' to herself, there's no one else who needs to know; she tells herself..
Oh...
Memories back when she was bold and strong
And waiting for the world to come along...
Swears she knew it, now she swears he's gone

She lies and says she's in love with him, can't find a better man...
She dreams in color, she dreams in red, can't find a better man...
She lies and says she still loves him, can't find a better man...
She dreams in color, she dreams in red, can't find a better man...
Can't find a better man
Can't find a better man Yeah...

 She loved him, yeah...she don't want to leave this way
She needs him, yeah...that's why she'll be back again
Can't find a better man
Can't find a better man
Can't find a better man
Can't find a better...man..."



Ela se abandonou por um tempo em nome de um amor; mentia pra si mesma, encobria verdades que não queria ver... Demorou um pouco, mas descobriu que o maior amor que existe, é o amor próprio. Que a maior confiança que se pode ter, é em si mesma. As pessoas mudam e as pessoas não mudam; as pessoas mudam hábitos, mudam gostos, mudam preferências. Mas pessoas não mudam caráter, não mudam princípios, não mudam características. Paixão é uma coisa perigosa... A gente acha que pode mudar qualquer um, a gente acha que nosso "amor" é maior que qualquer coisa e passa a viver na irrealidade. Às vezes a gente é obrigado a amadurecer pela dor... Mas quando a dor passa, o que sobra na realidade é muito mais que uma "sobra". Ela renasceu mais radiante do que nunca... Por ter finalmente tido coragem de dizer "não". Suas descobertas só tornaram tudo mais fácil... Pois o que mais preza é sua consciência, e ela estava tranquila. Só ele não sabe o que jogou fora em meio a tantas mentiras... Só ele não sabe. She loved him, yeah... But she doesnt need him... And she's already found better men.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Só pra começar bem...

"Com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto  
Pra você parar em casa, qual o quê
Com seu terno mais bonito, você sai, não acredito  
Quando diz que não se atrasa  
Você diz que é operário, sai em busca do salário  
Pra poder me sustentar, qual o quê  
No caminho da oficina, há um bar em cada esquina  
Pra você comemorar, sei lá o quê
Sei que alguém vai sentar junto, você vai puxar assunto
Discutindo futebol  
E ficar olhando as saias de quem vive pelas praias  
Coloridas pelo sol  
Vem a noite e mais um copo, sei que alegre ma non troppo  
Você vai querer cantar  
Na caixinha um novo amigo vai bater um samba antigo
Pra você rememorar  
Quando a noite enfim lhe cansa, você vem feito criança  
Pra chorar o meu perdão, qual o quê  
Diz pra eu não ficar sentida, diz que vai mudar de vida
Pra agradar meu coração  
E ao lhe ver assim cansado, maltrapilho e maltratado  
Como vou me aborrecer, qual o quê  
Logo vou esquentar seu prato, dou um beijo em seu retrato  
E abro meus braços pra você"  

Chico, claro.